"No Egito as bibliotecas eram chamadas Tesouro dos remédios da alma. De fato é nelas que se cura a ignorância, a mais perigosa das enfermidades e a origem de todas as outras.”

(Jacques Bossuet).

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Sedução, arte da conquista amorosa ou enganação?

sedução
Digitei no Google “conquista amorosa” e o obtido foi: aproximadamente 1.410.000 resultados e para “arte de seduzir”: aproximadamente 360.000 resultados.
Existem cursos, livros, uso de PNL (Programação Neuro-linguística), sites e até vídeos no YouTube “ensinando a arte e a ciência da conquista amorosa”.
Fiquei pasma com tanto interesse, pois como nunca fiz uso desta “arte” não tinha percebido como as pessoas precisam dela e procuram subsídios a respeito.
Se você procurar a palavra seduzir no dicionário encontrará significados como: atrair, induzir, manipular ou enganar ardilosamente.
Agora a sedução amorosa não parece tão charmosa, não é? No entanto é o que a maioria faz quando na fase da conquista.
Nas minhas andanças pela web descobri que na antiga Roma um poeta de nome Ovídio já escrevia sobre o assunto em seu poema de caráter didático: Ars Amatoria (Arte do amor), um verdadeiro manual de sedução, intriga e cinismo.
E por que as pessoas se utilizam de ardis e manipulação quando querem conquistar alguém? Se não for por pura canalhice, o que é exceção, é por falta de confiança em si mesmo ou sede de poder.
No primeiro tipo encontram-se os tímidos e introvertidos e, embora pareça paradoxal, os muito expansivos e exibicionistas, o tipo: “cheguei!” (sua insegurança faz com que use uma máscara, mecanismo de defesa chamado formação de reação).
O segundo tipo, o que tem sede de poder, considero mais perigoso, inclusive usará de mais truques e de forma sutil para não serem percebidas as suas intenções. Na fase da conquista deixará o/a parceiro/a sentir que está dominando e só após sentir-se seguro/a de ter alcançado seu objetivo irá começar a mostrar “as garras”. Muitos do tipo ciumento também se enquadram aqui.
Encontrei o seguinte gráfico que mostra o resultado da pesquisa feita pelo autor do site:
Como vemos pelos percentuais, 67% estão mais interessados em: um guia para conquistar qualquer mulher ou rapidez na conquista ou como transar com todo tipo de mulher. Somente 33% estão interessados em mudar comportamento ou melhorar o relacionamento.
Que triste! O que pode se esperar desse tipo de homens e que parece ser a maioria?
Não encontrei pesquisa sobre o universo feminino, mas como a web está lotada de blogs e sites sobre seus comportamentos é muito fácil encontrar dicas e receitas sobre tudo que pode ser feito para conquistar “seu homem”. Aff...
Quando eu disse que nunca usei a “arte” da conquista, não foi porque eu fosse uma pessoa muito autoconfiante (quem me dera que com o conhecimento e confiança de hoje eu voltasse a ter uns 30 aninhos), mas simplesmente porque sempre fui espontânea e transparente. É isso que conta mais quando se quer conquistar alguém: ser o que se é realmente.
Você pode não ser bonito/a ou brilhar com frases de efeito numa conversa na balada, mas acredite: cada um é bom em alguma coisa e que pode ser ressaltada de alguma forma no primeiro ou primeiros encontros com o par almejado. Sem falar que sempre haverá alguém que vai se iteressar por você. È só uma questão de ser persistente na busca.
A mentira tem perna curta. Não adianta a mulher fazer caras e pamela bocas, olhares de Pamela Anderson e depois, na cama, o sujeito constatar que ela é ruim de fazer dó como transa.
Do outro lado, o homem que durante a conquista envia flores e fala sobre seus sentimentos, passada a fase vai mostrar que para expressar alguma coisa do que está sentindo vai ser preciso usar um saca-rolhas. rsrs
Ah, e aquele truque ridículo e muito usado, o chamado “tratamento quente e frio” (fase de ir atrás e fase de ignorar o/a parceiro/a)? Deve funcionar com quem está muito carente ou que é muito sem auto-estima, mas é uma tática que pode, muitas vezes, sair pela culatra. Quem já a usou que me contradiga.
Aqueles/as que querem seduzir e conquistar simplesmente por passatempo ou para sentir-se poderoso/a, sigam com seus truques, mas quem está realmente interessado/a em conquistar um parceiro/a para manter um relacionamento pense no que foi exposto aqui.
Um relacionamento deve estar fundamentado, principalmente, em confiança, honestidade e transparência para poder durar e ser satisfatório.
Imagem P.A.:galocego.com.br
Este blog foi criado para você, leitor. E só saberei se você está satisfeito se comentar os posts, ou então, pergunte, questione e sugira temas ou modificações.

29 comentários:

vidarealdasam disse...

Olá queridíssima Atena !!!

Olha eu quando era novinha comprava todas as revistas que me ensinassem a ser uma Diva da conquista, lá ia eu aplicar aqueles ensinamentos todos... sabe o que eu arrumava ? relações frágeis, complicadas e superficiais !!
Até que um dia me cansei e resolvi ser somente eu, euzinha com minhas qualidades e meus defeitos, despreocupada em agradar, livre leve e solta !
E aí... Plim !! Surgiu alguém que me ama exatamente assim, que acha até meus piripaques e esquisitices um charme !
Acho que é aí que as pessoas metem os pés pelas mãos, usando estas "táticas" acabam mascarando quem realmente são e tudo escorre pelos dedos...
Mas isso é só a minha humilde opinião.
Adorei !

Um beijo enorme !!

Victinho disse...

Atena o mais engraçado é que tem pessoas que fazem de tudo para seduzir, conquistar e depois não sabem o que fazer quando atinge o objetivo, outros se transformam tanto que ficam irreconhecíveis, ou seja, tudo ilusão.
Mal sabem que para começar um relacionamento o essencial é transparência e honestidade.
Excelente post,
Bjs,
Vitor.

Atena disse...

Sam:
Pois é, minha querida, amar de verdade é inclusive gostar dos "defeitos" do outro. Parabéns pela sua conquista (sem ardis).
beijos

Atena disse...

Victinho:
Tanto você quanto a Sam reafirmaram o que postei. Seu testemunho é valioso.
beijos

CLAUDIA disse...

Atena querida!
Eu sempre fui eu,mas as vezes as pessoas confundem meu jeito doce,e pensam que sou bobinha.
Meu marido no começo mentiu muito para mim,que era,e depois descobri que não era.
Então não vale a pena,mentir,pois a mentira tem perna curtinha.
Eu sempre falei com ele,sou dengosa,gosto de ser paparicada,sou melosa,eu mimo as pessoas,e ele é ao contrário,quando tentou me cobrar para eu parar de ser,eu simplesmente disse não.
Não vou me ferir para satisfazer seu ego,me aceite ou então fique a vontade.
Se acostumou com meu jeito!
Fingir que é e não é,é imaturidade!
Parabéns pelo post!
Bjos!

Atena disse...

Claudia:
Você é mais uma que confirma o que foi dito no texto.
Ainda bem que seu marido acabou aceitando-a como você é.
Eu acho tão bom o paparico! rsrsrs
beijos

manoel disse...

Não tenho muita base para falar desse tema, pois minha única conquista amorosa será sempre a mesma que está comigo ha trinta e três anos. Porém, vemos na própria natureza que os animais para conquistar exaltam o seu belo e com isso esconde o seu feio. Prova maior é o pavão que abre o leque lindo da sua calda e assim a fêmea não olha para seus pés, cheios de cascão.

Abçs,

Manoel
http//rabiscosdomane.blogspot.com/

Marcos Airosa disse...

Olá Atena, adorei sua postagem como sempre acerta na mosca. Estou agradecido pelo selo e estou preparando a postagem com o agradecimento e com as indicações. Esta lembrança vindo de vc com certeza tem outro sabor. Bjo.

Atena disse...

Manoel:
Muito bem lembrado, a enganação existe também no reino animal. rsrs
Obrigada pela participação.
abraços

Atena disse...

Marcos:
Que bom encontrá-lo por aqui.Estimo que tenha gostado da pequena homenagem que lhe fiz.
beijos

Mi reabilite disse...

Passamos mto tempo fingindo que somos outra pessoa pra dominar o amor, tb somos enganados pq o q conquistarmos dessa maneira não o será.

Bjoss
Mi

Beth Muniz disse...

Oi Atena,
Primeiro, fiquei feliz em te ver seguindo o Travessia. Demorou, mas chegou! Rsrsrs
Sinceramente, eu adoro seduzir e ser seduzida. Faz muito bem.
O diferencial para mim é que esta busca deve estar sempre na mira de um relacionamento baseados nos princípios que você muito bem descreve.
E não apenas no fogo das paixões efêmeras e satisfação física, apenas.
Em termos pessoais, esta é a minha busca incessante...rsrsrs

Sobre a sugestão que deu de apoio às mulheres aqui no DF, o Agnelo, governador eleito, já assinou um compromisso com a Dilma para montar a Rede de Ajuda, conforme o Pacto Nacional e as Metas do Milênio da ONU.
To de olho! Rsrsrsrs
Um beijão.

Atena disse...

Michele:
Sua frase está perfeita. Oamor é sobretudo confiança.
Prazer em tê-la por aqui. Volte sempre.
abraços

Atena disse...

Beth querida:
Faz tempo que já a sigo (lendo seus posts), mas sou bastante desligada com os detalhes de seguir, etc.
Fico muito contente com essa notícia que você me dá sobre a Rede de Ajuda. Isso sim vai fazer a diferença.
Fique de olho! rsrs
beijos

Simone Bichara disse...

Engraçado, acabo de vir de um blog com uma postagem do mestre indiano Osho falando sobre o amor. Ele nos diz, entre tantas outras coisas maravilhosas, que o amor é dual, é o encontro entre céu e terra. Percebe-se que ele não diviniza o amor como acostumamos fazer, mas unifica-o.
Um relacionamento se baseia em muitas coisas, acredito que, muito mais que "arte da sedução", é arte da naturalidade. Viver o amor em sua eficaz natureza.
Parabéns pelo o post.

Quando puder dê uma olhada no último texto da minha amiga, colaboradora no blog, produtora e escritora Daniella: Aula de Filosofia.
http://mandalasdafloresta.blogspot.com/

Um grande abraço

Atena disse...

Simone:
Osho é um sábio., temos muito a aprender com ele.
Vou já, já visitá-la.
beijos

TEIA disse...

Olá Atena .
É .Você conseguiu de novo!!! me fez refletir mais uma vez, seus posts tem esse efeito !
Post publicado e entre os destaques.
Até mais.

Atena disse...

Alfredo:
fico muito feliz com seu comentário, pois essa é a intenção do blog.
Agradeço mais uma vez.

Eduardo Medeiros disse...

amiga, você não vê nenhum valor naquele jogo de sedução entre duas pessoas que realmente estão se aproximando, se gostando, se querendo?

por outro lado, a sedução egoísta não é mesmo legal, pois desvaloriza o outro. gostei muito da sua frase

"sempre fui espontânea e transparente. É isso que conta mais quando se quer conquistar alguém: ser o que se é realmente. "

foi exatamente a espontaneidade da minha esposa que me seduziu. no bom sentido, claro, rs

beijos

Gresder Sil disse...

Poxa Atena você foi colocar isto esta semana só porque eu ia falar sobre a arte da conquista hoje rsrs
Você é uma fada protetora das mulheres en?

Olha se a conquista é vista como necessidade tudo bem, mas quando o cara gosta da conquista pela contista, daí ele então não gosta de mulher mas de conquistar mulher.

É necessário sim saber seduzir para se ter a pessoa que se quer ao seu lado, mas quando se gosta do numero então não se gosta do ser da mulher do jeito da mulher.

Mas é com a vida que se aprende isso, é experimentando e errando.

Atena disse...

Edu:
Quando duas pessoas estão realmente a fim uma da outra, existindo real afeto pode haver sedução, mas não há JOGO. No texto eu me refiro implicitamente à sedução como um jogo, como artimanhas.
Achei sua esposa uma simpatia (fotos do chá de fraldas).
Parabéns aos dois.
abração

Atena disse...

Gresder:
uma vez tive um namorado que me fez a seguinte confissão: a maioria dos homens gosta mesmo é de sexo, não de mulher, calha de a mulher ser com quem eles podem (os héteros)fazer sexo. Nesse dia eu entendi muitas coisas.
O cara foi honesto, né? Acho que explica também ou vai ao encontro de seu comentário.
abração

Apoena disse...

Oi Atena,

Um ditado diz que as mulheres complicam o que é simples...

Mas, confesso que não são só as mulheres que complicam. Nós homens também...

Enfim, a vida é simples, a gente que complica tudo...

Parabéns pela postagem.

Abraços
Apoena

Gresder Sil disse...

Se a maioria dos homens gosta mais de sexo do que de mulher eu não sei mas digo de mim, eu gosto do jeito da mulher, da voz da mulher, da conversa da mulher.

Sexo eu poderia fazer com uma boneca, com uma zebra, com um homem, sexo por sexo, penetração por penetração e gozo por gozo a gente encontra de mil formar artificiais e “antinatural” .

Mas ser étero é gostar do sexo com a mulher, de ver o sorriso dela na hora da tranza, de sentir que ela esta ali te desejando, de ouvir ela falar baixinho que esta gostoso, isso é mágico, eu a adoro sexo, mas com a mulher inteira, corpo alma e mente, sexo sem sentir a mulher não é pleno, não é divino.

Leia meus textos sobre ao bicho mulher.

Atena disse...

Apoena:
Você resumiu bem numa única frase: "a vida é simples, a gente que complica tudo..."
Eu concordo cem por cento com isso.
Obrigada pela participação e apareça sempre.
abraços

Atena disse...

Gresder:
Meus parabéns, então. Sua mulher ou mulheres (não sei) rsrs devem gostar muito de sua companhia e de fazer sexo com você.

Anônimo disse...

Thankfulness to my father who shared with me on the topic of this web site,
this weblog is in fact amazing.
Have a look at my weblog - how to get edu backlinks

Anônimo disse...

I leave a response each time I especially enjoy a post on a
site or I have something to add to the conversation. It is triggered by the fire displayed in the article I browsed.
And after this post "Sedu�o, arte da conquista amorosa ou engana�o?".
I was actually moved enough to write a comment :-) I do have a few questions for you
if it's okay. Is it only me or do a few of the remarks come across as if they are written by brain dead folks? :-P And, if you are writing at additional online sites, I would like to keep up with you. Could you make a list the complete urls of your shared sites like your twitter feed, Facebook page or linkedin profile?

Also visit my site :: led tv reviews 2011

Atena disse...

Leola:
Thanks you for visiting.
I have another blog:http://www.edupreciso.blogspot.com/
and the Facebook page is:http://www.facebook.com/ExpansaoDeConsciencia/
Greetings