"No Egito as bibliotecas eram chamadas Tesouro dos remédios da alma. De fato é nelas que se cura a ignorância, a mais perigosa das enfermidades e a origem de todas as outras.”

(Jacques Bossuet).

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Experiências fora do corpo. Parte II

EFC2

Continuando o instigante tema, hoje os convido a tomarem conhecimento de algumas experiências fora do corpo realizadas no Instituto Monroe e dos “contatos” com diferentes entidades que aconteceram nessas ocasiões. Como verão, são informações surpreendentes e que demonstram o quão pouco sabemos a respeito desse outro mundo que não vemos, com exceção daquelas pessoas denominadas psíquicas e/ou médiuns.

As experiências dos participantes são realizadas nas cabines a que me referi no post anterior e são relatadas ao monitor de plantão (lembrar que as saídas do corpo são conscientes, com o participante em total relaxamento, mas acordado).

“SS/SCA (Assistente Social):

Estou falando com o meu homem verde e praticando subir e descer até onde eles estão e descobri porque ele tem esse roupão verde. Ele disse que não precisava dele, mas que eu precisava para me sentir melhor com ele. Disse que eu ainda tenho alguns medos por isso ele ainda quer que eu me sinta mais confortável ao entrar e sair do meu corpo. (...) Quero me sentar e conversar com ele um pouco mais (...) ele acabou de sentar e falou sobre mim e onde estou. E me disse que é uma espécie de meu supervisor. Ele é, de certa forma, meu responsável pelo meu crescimento e desenvolvimento. (...) Aparentemente ele tem passado por uma porção de vidas em diferentes épocas e não sei se elas fazem parte dele ou não.

Senti-me muito confortável aqui, como se pertencesse a esse lugar e já tivesse me sentido assim antes. Acho que já fiz algum progresso porque desta vez não precisei de ninguém para me ajudar. (...)”

Nesta aqui, uma entidade se comunica com o monitor por intermédio da participante.

“SS/SHE (Psiquiatra de apoio):

Monitor: - Como é a luz?

- É como uma estrela. Quando me concentro nela, começo a flutuar.

Monitor: - Faça experiências com a luz.

- Agora eles estão chegando mais perto, agora eu estou chegando perto deles.

(Intervalo de tempo: 2:55)

Nova voz: - Como vai?

Monitor: - Estou muito feliz em ver você e muito agradecido por ter vindo.

Nova voz: - É difícil chegar aqui.

Monitor: - Qual é a dificuldade?

Nova voz: - Há muitas camadas para penetrar.

Monitor: - Ficamos muito agradecidos por você penetrar nas camadas para chegar até nós. Vamos ajudá-los como pudermos.

Nova voz: - A cor dela é ótima. Temos que achar uma maneira de ajudá-la a passar.

Monitor: - Você tem alguma recomendação a fazer?

Nova voz: - Precisa haver um período em que ela vá com mais profundidade.

Monitor: - Você sugere um período preliminar maior?

Nova voz: - Possivelmente. Ficará mais fácil à medida que a confiança for surgindo. Ainda há muito medo.

Monitor: - Fico grato com a sua preocupação com ela.

Nova voz: - Agora ela está se sentindo confusa. Eu a levei para um lugar onde ela possa descansar.”

SS/R (Físico):

- Já passei por todo tipo de coisas e tenho tentado separá-las e colocá-las em uma espécie de ordem racional. Em primeiro lugar, tive a impressão de que a realidade da matéria física – aquilo que considero normalmente ser chamado de realidade, não só a matéria física, mas também nossos devaneios e nossas qualidades imaginativas intuitivas – fazem parte de uma espécie de um grande devaneio ou pensamento proveniente de uma consciência mais elevada. (...)

Nossa posição nesse devaneio é a de aprendermos coisas e procurar melhorar, esforçando-nos para sermos mais. Agora, não sei bem por que essa consciência ou espírito elevado está tendo esse devaneio, mas tenho a sensação de que é para o seu próprio aprendizado. Ela aprende à medida que aprendemos.”

Monroe reuniu centenas, talvez milhares de gravações desses experimentos. Cabe frisar aqui que Monroe não seguia nenhuma religião e fez questão de, nos seus experimentos, descartar conotações religiosas. No entanto, não só ele, mas alguns participantes ficaram convictos de existir uma inteligência maior que a tudo coordena.

Seus livros me trouxeram ratificação de muitos ensinamentos dos mestres ascensionados e de escritos espiritualistas.

Tenho plena certeza que futuramente tais conhecimentos farão parte inclusive da ciência humana.

Fonte: Livro Viagens Além do Universo de Robert Monroe

Imagem: http://portugalgg.blogspot.com.br/

Este blog foi criado para você, leitor. E só saberei se você está satisfeito se comentar os posts, ou então, pergunte, questione e sugira temas ou modificações.

10 comentários:

Nelson Veron disse...

bem eu gostaria de saber como faço para sair do corpo, tenho medo de sair pois vi em um filme que depois que um menino saiu ele foi pra bem longe e não conseguia voltar e também entidades malignas tentaram impedir...mas por onde começo pra tentar sair do corpo?

Atena disse...

Nelson:
Primeiramente, desculpe o atraso na resposta, mas meu PC pifou e somente hoje volto à web.
Sair do corpo não é nada fácil, exige alguma técnica e prática também.
Perigo não existe desde que a pessoa saiba os macetes envolvidos. Na internet você encontra alguns lugares que ensinam o processo.

Blogueiros do Brasil disse...

Orgulhosamente programei uma 'chamada' para este ótimo artigo no site agregador de conteúdo dos Blogueiros do Brasil (( http://omelhordos.blogueirosdobrasil.com/ )).

Será publicado em 25/02/2013 , no decorrer do dia.

IMPORTANTE : As visitas aparecerão no
Google Analytics e em outras ferramentas
similares como originadas na URL
http://ads.tt/ .


Abraços cordiais.

Atena disse...

Olá, Tiozão:
É sempre bom contar com seu apoio.
abração

NOEMI disse...

OLÁ QUERIDA!!!!VIM RETRIBUIR SUA VISITA E DIZER QUE ADORO APRENDER E SEU BLOG É BASTANTE INTERESSANTE .....OBRIGADA PELA SUA VISITINHA ÉS SEMPRE BEM VINDA.BEIJINHOS

Atena disse...

Olá, Noemi:
Que bom que veio, prazer em tê-la por aqui.
beijos

Don Tecnologias disse...

Muito interessante esta postagem!

A Internet no Brasil realmente precisa de postagens de qualidade como estas que você está nos oferecendo.
Porque parou de enviar links ao nosso portal de links Popblogs.net faço convite que continuas estamos
como ótimas visitas e vai ser um prazer telos conosco novamente trocando visitas aguardamos vocês

Grato
Don Tecnologias

Atena disse...

Don:
Obrigada pelo apoio. Andei com problemas na minha navegação, mas continuarei enviando meus links, sim.

Renata disse...

Olá Atena! fiz questão de ler TODOS os seus posts publicados aki,e como ja disse antes ,adorei,mto interessante o seu blog!Parabens! *-*
Eu ja li sobre esse assunto algumas vzs e tentei ter uma projeção astral consciente e até hooje não consegui D; mais vou continuar praticando até conseguir!
E pro Nelson: Sempre voltamos pro corpo,pois o que nos liga é o "cordão de prata" e so se rompe quando morremos,intão nao importa o quao longe a gente se projete,e quando levamos sustos,ou nos impolgamos,como proteção,acordamos,querendo ou nao! =)
Beijos ! :*

Atena disse...

Renata:
Muito obrigada pela preferência. Você provavelmente é daquelas que está despertando ou já despertou. Aleluia! rsrs
Tem razão quanto ao que disse, só não voltamos ao corpo quando morremos. Continue sim suas tentativas, de repente acontece.
Seja sempre bem-vinda e abraços