"No Egito as bibliotecas eram chamadas Tesouro dos remédios da alma. De fato é nelas que se cura a ignorância, a mais perigosa das enfermidades e a origem de todas as outras.”

(Jacques Bossuet).

sábado, 31 de julho de 2010

Blogueiros do Brasil: ajudem!

TV

Será que estou sendo utópica ao escrever o que se segue? Talvez, mas creio firmemente que a união faz a força, portanto vamos lá ...

Outro dia assisti a um programa de TV onde se discutia o baixo nível do gosto brasileiro por informação e o vergonhoso rank em que se encontra a educação no nosso país.

Eu sempre fui uma apaixonada pelo tema educação visto que:

- grande parte da violência que existe aqui é gerada pela ignorância daqueles chamados - marginais;

- só podemos expandir a consciência se tivermos bom nível de informação (escolar e geral);

- um país só prospera realmente se o seu povo tiver um bom nível educacional (veja-se os tigres asiáticos);

- um país de povo educado é mais limpo, conseqüentemente as ruas sofrem menos alagamentos;

- educação de qualidade gera mais respeito ao outro e aos bens do outro;

- educação, informação produz eleitores melhores com futuros eleitos mais dignos, conscientes, honestos, etc.

Dito isto para dizer o mínimo.

Recentemente ouvi no “Happy Hour” (canal GNT) um participante contar que quando estava em Cuba (não disse a data) havia na época um programa televisivo voltado ao ensinamento de pais, dar conselhos úteis e responder dúvidas, com 16 minutos de duração que literalmente parava a ilha. Todo mundo assistia com atenção. A apresentadora Astrid ficou encantada e até comentou que seria uma ótima idéia para a nossa televisão fazer algo similar.

Essa foi a chave para desencadear em mim uma torrente de pensamentos acerca da nossa realidade televisiva brasileira. É UM HORROR!!! Desde 1998, quando assinei TV a cabo nunca mais olhei os canais abertos. Quando, algumas vezes, de controle remoto na mão, dou uma zapeada entro em estado de choque com o que vejo.

Mulheres bundudas, rebolando vulgarmente, bigbrotherianos se esfregando ou batendo boca, pegadinhas que só fazem é humilhar os pobres incautos, pastores raivosos condenando todo mundo ao inferno e tudo isso aos gritos e descaradamente usando PNL, programas humorísticos sem a menor graça e por aí afora. Aff!

Eu adoro o povo brasileiro, jamais pensei em viver em outro país, mas que é um povo ignorante, lá isso é! Só que no meu ponto de vista a responsabilidade por isso é 1) dos governos e 2) da mídia.

Dos governos: na época da ditadura, como não interessava aos governantes que o povo pensasse, por motivos óbvios, tirou-se a Filosofia do currículo escolar e outras matérias, como história, por exemplo, foram cruelmente espoliadas.

Da mídia: oferece ao povo o que dá ibope e nós sabemos o que atinge esse propósito. Na época dos romanos era pão e circo, agora é sangue e sexo. Sangue porque a mídia conhece a psicologia das massas: se eu vejo o outro ou outros serem assassinados eu suspiro de alívio porque não foi comigo ou minha família. Sexo: não preciso explicar. Sei que no período diurno existem alguns programas educativos, mas precisamos deles no horário de maior audiência - o chamado horário nobre.

Tenho perfeita consciência que o trabalhador/a quando chega à noite em casa, cansado e estressado pelos sapos que engoliu quer se divertir, mas isto também é possível com programas de TV mais evoluídos e dignificantes, inclusive humorísticos.

Então, a idéia que tive foi nós, cabeças pensantes, fazermos uma campanha nacional pedindo às emissoras de TV que troquem os programas tipo besteirol e baixaria por programas que tragam mais cultura ao nosso povo. Claro que no início a massa vai achar ruim, mas acaba acostumando se não tiver outra coisa para olhar à noite. Afinal é o programa mais barato que existe: assistir TV.

Por favor, vamos divulgar esta idéia, quem sabe alguém que leia esta matéria conheça algum publicitário que crie uma campanha bem charmosa que possa ser divulgada a nível nacional. Dêem idéias também. Alguém conhece alguém que conhece os donos de alguma emissora de TV?

Blogueiros: passem adiante, não precisam incluir meu link, se quiserem assumir a autoria, também não há problema, escrevam seus próprios posts sobre o assunto, enviem e-mails. O importante é o resultado final.

A economia de nosso país está crescendo, mas jamais chegaremos a ser um país de 1° mundo sem instrução nem educação.

Eu acredito piamente que com educação o nosso país pode deixar de ser chamado - tupiniquim.

Será que estou sonhando ou isso é possível? Não sei, depende de vocês!

Fotos: http://www.kengas.com/category/famosas-brasil/page/2/
http://www.blogpaedia.com.br/2008_11_01_archive.html
http://www.wow-tube.ru/index.php?key=pregadores

7 comentários:

Balaio Variado disse...

Oi Atena

Escrevi um post que fala um pouco sobre a questão do desenvolvimento do senso crítico, a importância da arte e o seu efeito transformador.
Escrevi a 1ª parte, mas terá a 2ª que abordará a função da escola nisso tudo.

Olha o link

http://www.balaiovariado.com/2010/07/voce-nao-estimula-criatividade-de-seus.html
Bjs

Balaio Variado

Luciana disse...

Oi Atena,

Eu também raramente assisto TV aberta. Só para assistir escrito nas estrelas. Dessa novela, particularmente, eu gosto.


Mas eu nunca gostei dessas programas de mulher pelada e tal. Acho que é uma desvalorização total da mulher. E não entendo como tem mulher que gosta. Inclusive de algmas letras de mucas, como: " só as cachorras"

fala serio!!!!

Prefiro até as musicas infantis da Xuxa a isso. Principalmente as dos anos 80., Minha infancia. srsrsrs

Olha eu sou meio cetica quanto a mudar as programações da TV. A TV não pensa em educar o povo só pensa em ibope. Só se elas ossem obrigadas mudariam quanto a isso.

R149 3o75s disse...

Oi,Atena,que beleza! É muito bem tocada a ferida,e foi direto no calo da dor..."Nós" o povo, não sou e nunca quis ser o "tal", mas, fala sério aê, NÃO TEM QUEM ME FAÇA ver ou engolir o que dizem ser o tão chamado
"horário nobre" e os "hits" da hora, tipo novelas "top" de boas; seriados cretinos,progamas de salão escrotos,besteiróis e o resto da merda toda afim, rs! Triste é pouco pra expressar tanta "pobreza" de idéias...Masssss, o que é pior,é que rolam deslavadamente,é o que o xulo quer e gosta de ver;...Já me disseram:E se colocassem No Ar programas de qualidade? Resultado:Nenhuma Resposta,rs! Tipo os seus temas aqui e os de muitos outros,que são coisa importantíssima e mesmo assim,não recebem 1 voto,um comentário sequer,de quem deveria por obrigação até, saber do fato e do argumento...Os tempos mudam e mudam-se os tempos;esperemos pois por isso... Pouco tempo eu tenho pra ver TV,mas quando faço iççu,sou radicalzão;é the History Channel,HallMark ou National Geographic,uma olhada em um jornal aqui,em outro alí,e, fui! Nem sei onde deixo o controle,rs! seleciono o que quero ver,numa revista e muito antes de ligar eççe treco;que espero seja mesmo um dia totalmente "interativo", além de FullHD... Full HD quem? Ah,me poupe!rs!

Joselito disse...

Bem, não custa sonhar. Nós podemos fazer alguma coisa sim, mas no contexto ainda será muito pouco, mas, o negócio é tentar eleger politicos (uma missão dificil) comprometidos com a educação. Tem que mudar o inicio de tudo, o estado tem de intervir de uma forma firme e cabal, melhorando os niveis de ensino e punindo pais e responsaveis por menores que não estudam.
É um começo ...

José Antonio Gagliardi disse...

Parabéns pelo post, concordo plenamente com você, de uma forma ou de outra, somos formadores de opinião, então temos o dever de esclarecer as pessoas que não tem tanta informação quanto nós.
Por outro lado, no Brasil sempre se praticou a política do Pão-e-Circo.
Se cada um assumir a responsabilidade, podemos formar um pais melhor, a Coreia do Sul demorou mais de 30 anos para melhorar seus indicadores a partir do investimento em educação, ou seja, o trabalho é para a geração futura, e não a atual.

abçs.
Jose Antonio Gagliardi
http://jgagliardi.blogspot.com

Américo Silva disse...

Olá.

Parabéns pela iniciativa, é de pessoas como você que o Brasil está precisando, precisamos nos unir para concientizarmos o nosso povo a exigir dos nossos governantes o princípio da moral e da ética.

Atentamente,
Américo Silva
http://www.agoraeusei.net

Atena disse...

A todos que comentaram:
meus agradecimentos e conto com vocês.
abraços