"No Egito as bibliotecas eram chamadas Tesouro dos remédios da alma. De fato é nelas que se cura a ignorância, a mais perigosa das enfermidades e a origem de todas as outras.”

(Jacques Bossuet).

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

O que acontecerá em 2012?

2012
Segundo todas as informações a que tenho acesso, nada diferente ou excepcional acontecerá em 2012.
Sei que a Internet está lotada das mais diversas informações sobre esta data “fatídica”: 21 de dezembro de 2012.
Fala-se sobre:
1) A aproximação ao nosso sistema solar de um planeta de enormes dimensões que, afetando o campo gravitacional da Terra, iria causar convulsões catastróficas a nível planetário.
2) A inversão dos pólos terrestres.
3) Queda de um asteróide na Terra.
4) As águas vão subir vertiginosamente inundando muitas áreas costeiras.
5) Alinhamento do nosso sol com o centro da galáxia.
6) Profecias Maias sobre o final do ciclo de vinte e cinco mil e sei lá o que anos de duração.
E por aí vai. Tudo recheado de muitas catástrofes, bem ao gosto mórbido do ser humano ainda sem consciência evoluída.
De tudo que li sobre os Maias não posso discordar de sua contagem do tempo nem de sua capacidade de fazer profecias, afinal seu conhecimentos dos ciclos que o sistema solar atravessa só foram descobertos pela ciência milhares de anos depois. Eles tinham um conhecimento que ainda hoje nos escapa. Como? Por que? Não temos resposta, só muitas conjeturas e teorias, nem sempre verossímeis.
Contudo, conforme já comentei em outro post, o futuro consiste de potenciais. Se nem o Criador o conhece, porque o mudamos diariamente, os Maias também não o poderiam conhecer em detalhes.
Que estamos no final de um ciclo é certo, mas isso não quer dizer final da existência da humanidade, como muitos creem.
Acertaram na elevação da temperatura terrestre, mas isso faz parte dos ciclos geológicos: uma elevação de temperatura precede uma era glacial, curta ou longa. Parece que a próxima será uma curta.
A preocupação dos Maias era com a consciência dos humanos e sua evolução ou não. Pois bem, evoluímos. Claro que somente uma pequeníssima percentagem dos humanos, mas o suficiente para compor uma massa crítica que já está produzindo resultados positivos para a humanidade.
Vejamos: caiu o muro de Berlim, os ditadores estão caindo aos poucos, os que restam já não possuem a credibilidade do povo como a possuíam antes, as safadezas e segredos dos políticos e burocratas de primeiro e segundo escalão estão vindo à tona cada vez mais (Wikileaks que o diga) e coroando esta pequena lista: o famoso Armagedon, que juravam aconteceria ao final do século 20, não aconteceu.
Sim, a consciência está mudando e evoluindo. Aí dirão vocês: e as barbaridades todas que assistimos nos noticiários? Toda a corrupção, o aumento da pedofilia, os ataques terroristas?
Essa frase de Sai Baba explica: “Imagine que você tem um quarto, ou uma despensa, onde guarda suas coisas, iluminado por uma lâmpada de 40W. Se trocar para uma lâmpada de 100W, verá desordem e um tipo de sujeira que você nem imaginava que havia no local.” Ou seja, mais luz (consciência), mais coisas aparecem, principalmente as que estavam escondidinhas, rsrs mas também porque existem energias (chamadas trevosas) que não querem o aumento da consciência no planeta. Mas não se preocupem com isso.
Quanto à mudança nos pólos: sim, já houve essas mudanças anteriormente, constatadas pelos cientistas, e, ao que tudo indica, está ocorrendo novamente, mas isso não acontece de um dia para o outro.
A mesma coisa com relação à subida das águas. Elas estão subindo: gra da ti va men te. Não será em 2012 que você vai ser arrebatado por elas. rsrs
Quanto ao famoso planetão: vocês acham mesmo que se houvesse uma aproximação iminente ao nosso sistema solar de um grande planeta a comunidade científica já não saberia disso? Alguns dizem que os cientistas sabem e estão escondendo o fato, mas fiz uma extensa pesquisa na web em sites científicos e a conclusão a que cheguei é que essa estória não passa de mais uma teoria conspiratória. Teorias, aliás, que visam disseminar o medo entre os não informados, aumentando o caos com o qual já estamos convivendo. Aff!!
As catástrofes relatadas em profecias já começaram a ocorrer faz algum tempo: os terremotos, tsunamis, fogo em extensas áreas, enchentes ... Já estão aí e felizmente, graças ao aumento de consciência, com perdas pequenas de vidas se comparadas à população mundial.
Não se deixe enganar nem aterrorizar pelos “arautos do apocalipse”, 2012 será um ano como outro qualquer.
Imagem: oarquivo.com.br
Este blog foi criado para você, leitor. E só saberei se você está satisfeito se comentar os posts, ou então, pergunte, questione e sugira temas ou modificações.

27 comentários:

Principe Encantado disse...

Dependendo da região que se mora os “arautos do apocalipse” são verdadeiramente assustadores, por outro lado tem regiões que se comenta determinadas situações apocalíptica como se falase em escovar dentes.
Abraços forte

Renatinha disse...

águas subindo nas costeiras ( Socorro!!! Atena estou na Florida )
Gostei do post ... todo mundo descabelando , vc escrevendo com calma e tranquilidade :o)
XOXO

Beth Muniz disse...

i Atena,
Ufa! Agora fiquei tranquila!
Brincadeira à parte, excelente texto.
Eu não sei porque o ser humano tem uma atração quase sexual pela desgraça...
Vou indicar.
Beijo.

Lucas Neves disse...

Muito bom o artigo, mostrando bem que as alterações são gradativas.
Não acontecerá de um dia para o outro a inversão dos pólos. rs
Continue a disseminar informações verídicas!

Beijo.

Valéria Braz disse...

Adorei seu post amiga.... e realmente o ser humano adora ser a vítima das vítimas então recheia de desgraças o fim da sua existência.....heheheh
Eu acredito que muitas das previsões se concretizam porque os fatores verificados na época da previsão não se alteraram... no entanto o planeta evoluiu... o que existia a anos e anos atrás alterou, então como crer em tudo que previram diante de tantas alterações naturais e não naturais??????
Que venha 2012....
Beijo no coração

Atena disse...

Principe:
Pois é, eu fico admirada com esse povo. Como gostam de desgraças... Não é muito melhor pensar em coisas boas?
Abração

CLAUDIA disse...

Olá Atena!
Sempre tem muitas teorias em questão a tudo.
Mas nessa questão eu acho que existem algumas válidas e outras que devemos ficar observando.
Se vai ou não somente Deus sabe,tudo em seu tempo certo é mostrado,se for que nos preparemos mais espiritualmente,apesar que isso devemos fazer sempre.
No meu modo de ver se nós seres humanos alimentássemos mais as boas notícias e exaltasse mais o bem,faríamos uma corrente maior para o centro do Universo.
A capacidade de nós seres humanos é imensa,cabe a nós não destruir o nosso planeta que vivemos.
O que eu puder estudar a respeito disso tudo,que o que tem acontecido é para conscientizar nós seres humanos a mudanças e reformas íntimas,que precisamos amar mais uns aos outros e que isso vem em forma de aprendizado para os que ficam,como se fosse uma oportunidade para se auto-conhecer e assim conhecer seu próximo.
Bem Atena,esse é meu ponto de vista.
Parabéns pela postagem,muito bom falar sobre isso é sempre bom poder saber a opinião de todos a respeito de um fato que com certeza chama a atenção de todos.
Bjos em seu coração com cheirinho de Jasmin.

Atena disse...

Renatinha:
Eu também moro no litoral e venho acompanhando a subida das águas. Esta ano que passou mostrou diferença em relação ao anterior, portanto é melhor cuidar.
beijos

Atena disse...

Beth;
Você tem cada uma... adorei a sua expressão. É, parece atração mesmo. rsrs
beijos

Atena disse...

Lucas:
Agradecida pela participação. Aqui você só encontrará textos fundamentados em pesquisa e muita reflexão pessoal. O que não quer dizer que são a absoluta verdade.
abraços

Atena disse...

Valéria:
Você disse tudo: as alterações naturais ou não modificam o futuro.
Obrigada pela participação.
beijos

Atena disse...

Claudia:
Este é o momento certo para que a humanidade reflita no que tem feito para os outros e para o planeta. Está na hora de mudar. A hora é agora!
O aquecimento global, as profecias catastróficas, etc. são uma espécie de alerta aos humanos.
beijão procê

Jackie Freitas disse...

Olá Atena querida!
Eu também acredito que boa parte do que alardeiam por aí é apenas um "terrorismo" barato para que as pessoas se sintam mais vítimas da vida. Infelizmente ainda temos muito que evoluir para que mais coisas boas ocorram e "protejam" nosso planeta de catástrofes maiores, criadas pelo próprio ser humano. Mas, temos mesmo que viver nossos dias com calma e com desejo de construção e não de destruição.
Evoluímos gra da ti va men te... não tenho pressa, mas espero que a consciência nos chegue mais rápido.
Agora, te confesso uma coisa...rsrs...(fica entre nós duas, tá? rsrs) eu tenho medo, sim, de um meteoro e de tudo que está fora da terra!
Grande beijo,
Jackie

Fernandez disse...

Olá amiga Atena!
É isso ai: "2012 será um ano como outro qualquer". Nesta previsão eu acredito. ;-)
Abraços, Fernandez.

Atena disse...

Jackie, lindona:
Sim, evoluímos gradativamente, mas daqui pra frente será mais depressa do que foi anteriormente, pois segundo os mestres já existe muita gente desperta. Acrescente-se a isso o fato de que atualmente, com a web, as pessoas estão se informando mais.
beijocas mil

Atena disse...

Fernandez:
Estou contigo! rsrs
abração

Anônimo disse...

O que vai acontecer ninguém sabe ao certo. As especulações são muitas. Agora, quanto as coisas estarem melhorando não sei não. O muro de Berlim caiu e outros se levantaram, ao mesmo tempo em que percebemos que coisas boas acontecem, outras muito piores também acontecem. Não sou pessimista, mas dentro da realidade que vivemos estamos vendo barbaridades bem debaixo dos nossos narizes.

Atena disse...

Anônimo:
Como eu disse no post, a luz traz à mostra o que estava escondido. Não vejo que a atualidade seja pior do era anteriormente, o caso é que agora, com a facilidade das comunicações, a gente fica sabendo mais do que acontece no mundo.
Grata pela participação.

Vera Alvarenga ... disse...

Olá Atena!
Eu vou confessar a você que não me preocupo com as previsões catastróficas ou do final dos tempos, ou de grandes tragédias. Não porque eu não acredite nelas, mas quando a coisa é muito grande, está fora da minha alçada e, se são assim tão terríveis, eu nada posso fazer... a não ser, viver os meus dias da melhor forma,contribuindo com o que posso contribuir para não prejudicar os que estão ao meu redor e em contato comigo,de alguma forma.
Não acho que as pessoas gostam de desgraça, não. rs...... Só que, ser humano é meio comodista e se habitua, se deixa levar por atitudes automáticas e, às vezes, só quando acontece algo que o choca é que ele pára um instante e, neste momento, pode refletir, perceber se o que vinha fazendo não era oportuno ou correto e então,pode escolher mudar. A gente precisa parece, de alguma sacudidela, uma vez ou outra, não porque goste de sofrer, mas para sair do sonambulismo e acordar para a vida! Uns escolhem viver melhor a partir daí! Outros, não precisam de tanta sacudidela para tomarem consciência.
Gostei muito de ter vindo aqui.
Abraço grande,
Vera

Atena disse...

Vera:
Êta mulher sábia. rsrs
Você é uma daquelas pra quem a maturidade trouxe a sabedoria e o bom senso. E isso não é para todos...
Concordo com você que grande parte da humanidade é comodista e precisa de sacudidas de vez em quando para acordar para os valores maiores, mas existem sim aqueles que gostam de desgraças e tragédias, são os mórbidos ( os ajuntamentos nos acidentes de estrada...) Claro que a grande maioria não é consciente dessa característica.
Fico contente com sua aprovação ao blog. Volte sempre para compartilhar essa sabedoria e bom senso.
abração

Vera Alvarenga ... disse...

Tá certo,você me lembrou...aqueles que ficam repetindo e repetindo as mesmas terríveis tragédias com detalhes,das quais foram vítimas ou as quais presenciaram e o pior é quando você já nem sabe se eles estão a sofrer mais do que as próprias vítimas... os que ficam chafurdando na lama porque viram ali uma forma de chamar a atenção mais do que o próprio acontecimento em si.
Abração também.

Malu disse...

Não sou de profetizar, Atena! Sempre espero e acredito com consciência, no que de melhor poderá nos vir.
Obrigada pela sua visita e comentário.
Estas partilhas nos tornam cada vez mais ricos na construção do EU.
Abraços

Atena disse...

Malu;
Da mesma forma agradeço esta visita. Você é persona mui grata neste blog.
beijão

aorigem disse...

Já cansa essa história do 2012, acho que o povo devia viver e aproveitar sem pensar em teorias conspiratórias como essa, afinal o "fim do mundo individual" pode vir a qualquer hhora para qualquer um, por isso o certo mesmo é viver o dia de hoje. Bom post. Abraço

http://aorigem.wordpress.com/

Atena disse...

Você acertou na mosca! Realmente podemos estar vivos agora e no minuto seguinte ter batido as botas. O problema aqui é que a humanidade não sabe lidar com a morte, tem medo dela.
Obrigada pela vista, abraços.

Pandumiel Tunmarë disse...

Olá Atena!!

Como você disse, 2012 será um ano como outro qualquer, a única diferente é que à partir do seu final, a consciência, ou a luz, será mais respeitada e buscada pelos humanos. Resultado de anos de preparação e luta dos que já tinham um nível de consciência elevado e juntos, buscam espalhar conhecimento e luz para todos, assim desenvolvendo a sabedoria.

Parabéns pelo post e pelo Blog! `^^´

Atena disse...

Pandumiel:
Primeiramente, obrigada pela visita e participação.
Vejo que você é um dos que já acordou e que trabalha intimamente pela elevação da consciência.
Vamos torcer para que 2012 seja realmente o início de uma nova era.
abraços